BLOG DO BERTINHO

Confira as ações da librelato com seus colaboradores

05.11.2019

Jovens Aprendizes da Librelato ganham Orientação Profissional

Acreditando na importância de preparar os jovens para o futuro, a Librelato S.A Implementos Rodoviários é grande incentivadora do programa Jovens Aprendizes. O objetivo principal é garantir a formação técnico-profissional dos jovens brasileiros e facilitar sua inserção no mercado de trabalho.

Desde o início do programa, em 2013, mais de 336 jovens já participaram. Atualmente, com o Jovem Aprendiz que se iniciou em maio deste ano e que terá duração até setembro de 2020, a Librelato conta com 85 jovens, com idades entre 15 a 23 anos, distribuídos nas unidades de Içara e Criciúma, nas áreas administrativas e industriais. Os setores envolvidos são: Recursos Humanos, Departamento Pessoal, Segurança no Trabalho, Engenharia de Processos, Engenharia de Produto, Qualidade, Comercial, Contabilidade, Compras, Marketing, PPCPM, Logística, Almoxarifado, Manutenção, Qualidade e Produção.

E para contribuir de maneira efetiva para esse processo de aprendizagem, o setor de Recursos Humanos da Librelato realiza mensalmente Orientação Profissional com todos os jovens aprendizes. “Uma das primeiras decisões que o jovem precisa fazer ao iniciar a vida adulta é a escolha profissional, e esse momento gera ansiedade e angustia por suscitar diversas dúvidas. Receber apoio nesse processo auxilia na realização de uma escolha profissional consciente e adequada ao projeto de vida desses jovens”, afirma Daniela de Souza Rodrigues, Assistente de Desenvolvimento de RH da Librelato.

O objetivo da Orientação Profissional é auxiliar o jovem no momento da escolha profissional, possibilitar a ele compreensão de sua situação específica de vida, na qual estão incluídos aspectos pessoais, familiares e sociais.  É através dessa compreensão e do autoconhecimento que ele terá condições de definir qual a melhor escolha possível no seu projeto de vida.

São realizados dez encontros, sendo um encontro por mês. Suas etapas são divididas em dois a três encontros sobre “Autoconhecimento”, que são atividades que possibilitam ao participante conhecer a si mesmo, quem ele é, qual o seu projeto de vida e profissional, como se vê no futuro, qual a expectativa da família, quais os anseios pessoais, os seus principais gostos, habilidades, interesses e valores; dois a três encontros sobre “Informações Profissionais”, que é uma etapa onde os jovens recebem informações referentes a cursos técnicos ou cursos de graduações, atividades da área de atuação, carreira, ética e comportamento profissional nas organizações; e de três a quatro encontros sobre “Escolha e Projeção para o Futuro”, onde os jovens já devem reconhecer suas características básicas e mobilizar seus próprios recursos pessoais, analisar as alternativas viáveis de carreiras e terem condições de iniciarem o seu processo de decisão.