Saúde em 1ª Lugar

17.05.2012

 

 

Librelato S.A. lança 1ª Semana da Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho. Projeto faz parte dos constantes investimentos que a empresa faz em programas de qualidade de vida para seus colaboradores.

 

O ritmo de vida cada vez mais acelerado e a competitividade acirrada são fatores que dificultam uma rotina saudável para as pessoas. A qualidade de vida é medida para saber as condições do homem, envolvendo o bem físico, psicológico e relacionamentos sociais.

Por pensar na melhor alternativa para seus colaboradores e, consequentemente, favorecer o funcionamento das práticas diárias da organização, a Librelato lançou no ano de 2012 a 1ª Semana da Saúde. A partir disso, algumas ideias foram lançadas e criou-se um cronograma de atividades para o público interno.

Através de parceiras firmadas com entidades que envolvem a área da saúde, entre os dias 07 e 11 de maio, colaboradores das unidades de Orleans, Capivari de Baixo, Criciúma e Içara recebem auxílio de profissionais capacitados para melhorar sua qualidade de vida.

O tema proposto pela empresa é o Projeto SER - Saúde, Educação e Responsabilidade, e a ideia é proporcionar dicas que beneficie os colaboradores e os motive a manter métodos saudáveis em sua rotina. "Nós sempre prezamos pela saúde de todos e pensamos que é melhor prevenir do que buscar medidas curativas por falta de conhecimento deles, isso nos levou a criar esse programa", declara a psicóloga Janaína Niero Mazon.

Entre os envolvidos, o Laboratório Búrigo, SESI Farmácias, a Maxipas e a Cook`s Refeições Coletivas ofereceram palestras sobre os mais variados temas como, colesterol, saúde masculina, DST´s e saúde mental. Além disso, houve acompanhamento com nutricionistas, farmacêuticos, médicos, coleta da tipagem sanguínea com entrega da carteirinha, teatro sobre Higiene no Trabalho, entrega das carteirinhas do SESI Farmácia, Ginástica Laboral e agendamentos de exames indispensáveis para homens e mulheres.

"Essa iniciativa da empresa foi importante para uma maior conscientização de todos. Na correria diária, muitas vezes, não temos tempo para nos prevenir fazendo exames e buscando informações necessárias, mas com essa ação dentro da empresa, ficou muito mais fácil e rápido", conta a zeladora da unidade de Orleans, Maria Isabel Fraga de Souza. 

Além das atividades realizadas durante o projeto, é importante ressaltar que cultivar bons hábitos pode mudar a qualidade de vida de qualquer pessoa. Assim, quem tiver a autoestima elevada e uma boa saúde, produzirá mais, pois terá mais disposição e terá uma estimativa de vida maior do que pessoas acomodadas que não procuram alternativas para melhorar seu bem-estar e seu desempenho pessoal e/ou profissional.