Librelato participa da Jornada Inovação e Competitividade da Fiesc

10.08.2012
 

O Sistema Fiesc - Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - promoveu, entre os dias 16 e 20 julho, a Jornada Inovação e Competitividade da Indústria Catarinense, com intuito de mobilizar o segmento empresarial de Santa Catarina e debater assuntos estratégicos para a competitividade do setor industrial.

No primeiro dia, foi apresentada uma mesa redonda que abordou um dos pontos mais importantes das empresas atuais, "Diferentes pontos de vista sobre a educação básica do trabalhador". O tema despertou interesse em todos os participantes e trouxe personalidades da indústria para discutir sobre o que mais preocupa empregadores e qual a solução para o problema em questão.

O diretor presidente da Librelato S.A. Implementos Rodoviários, José Carlos Librelato, foium dos integrantes do debate, ao lado de representantes das empresas Weg, de Jaraguá do Sul, Hering, de Blumenau, da coordenadora da Educação do SESI, Maria Tereza Cobra, do pesquisador da USP, José Pastore, do professor membro do Conselho Nacional da Educação, Mozart Ramos Neves, do secretário estadual de educação, Eduardo Deschamps e a mediadora Mariana Raposo, sócia da Consilia Consultoria e Serviços Educacionais.

O evento contou com a presença de 400 pessoas e mudou a visão de muitos empreendedores sobre a educação empresarial nas palavras do professor Pastore. "As escolas inovam, se ajustam às novas realidades, mas o sistema é lento, a velocidade do tempo só aumenta e os alunos são os mesmos, ou seja, não alcançam esse ritmo e acabam sendo prejudicados futuramente", alega.

Librelato completou as palavras do pesquisador e declarou que o foco das indústrias neste tema é cada vez maior. "O sistema educacional ainda é falho, nós precisamos corrigi-lo e é o que a Librelato faz. Já formamos turmas no ensino fundamental e médio e nossa meta é levar a educação a todos os colaboradores, pois queremos ter uma empresa com profissionais cada vez mais capacitados", assegurou.

A Librelato busca a formação continuada para o maior número de colaboradores e procura sempre motivar mais pessoas,alertando que é fundamental ter a educação como prioridade na relação pessoal e profissional.