NOTÍCIAS

Confira as últimas notícias Librelato

16.05.2019

Cai em 40% índice de acidentes após exigência do exame toxicológico para motoristas profissionais

O número de acidentes envolvendo os veículos pesados caiu 40% desde que a Lei Federal 13.103 entrou em vigor, em 2016. A lei obriga os motoristas a fazerem o exame toxicológico para emitir e renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E.

A informação é do Ministério do Trabalho, que já chegou a afirmar que um terço dos caminhoneiros utilizam algum tipo de substância para ficarem acordados. Segundo o DB Toxicológico, a cocaína se tornou a droga mais usada. Quanto aos acidentes graves nas estradas, em 2017 chegaram a 89 mil, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal.

O exame realizado com os caminhoneiros também na admissão e desligamento de motoristas contratados pelo regime CLT é feito rapidamente e é capaz de detectar, a partir de fios de cabelo ou pelos, a presença de drogas no corpo pelo período de 90 dias. O principal intuito da medida, quando implementada, foi promover mais segurança nas estradas brasileiras. A legislação estabelece como prazo máximo 15 dias para sair o resultado.

Para mais informações, acesse: http://bit.ly/2Vulfjd