NOTÍCIAS

Confira as últimas notícias Librelato

14.01.2020

DICAS SIMPLES PODEM ECONOMIZAR DIESEL

Gastos com o diesel é considerado um dos itens que mais oneram os custos operacionais do transporte de carga. Frequentemente chega a representar 60% nas planilhas contábeis das empresas. A economia no consumo de combustível, portanto, deve ser encarada como imperativa na condução do negócio. Motorista bem-treinado e veículo em dia com a manutenção preventiva ajudam bastante, mas dá para fazer mais com o uso correto dos defletores de ar.

Estudos mostram que uma diferença de 10 centímetros na altura entre o fim do defletor e o reboque resulta em uma penalidade de 1,5% no consumo. Parece pouco, mas não. Basta ponderar o número. A cada 100 quilômetros rodados, 1,5 litro de diesel deixa de ser economizado. Se o caminhão roda 10.000 km por mês, 150 litros são desperdiçados. Um mero ajuste incorreto de 6 centímetros pode resultar em um aumento de consumo de 1%.

Mais do que acessórios estéticos, os defletores nos caminhões funcionam como recurso para aumentar a eficiência aerodinâmica. Com as medidas e ângulos corretos, sua função é de desviar as correntes de ar para fora da composição, reduzindo a resistência que o ar exerce sobre o veículo ao se deslocar. Quanto maior for o arrasto, mais força o motor precisar fazer e, como resultado, aumento do consumo.

Como regra geral, o defletor de ar deve ser posicionado pouco acima do limite da borda superior da carreta ou da carga. O ajuste deve ser verificado e refeito, se for necessário, a cada troca de semirreboque. Mesmo com o veículo vazio, vale esticar a lona corretamente, que funcionará como um anteparo para desviar o ar da composição. Coberturas de tecido rasgadas ou mal arrumadas se traduz em desperdício de combustível.

As regulagens dos defletores são simples, mas requer trabalho manual. Para facilitar a vida do caminhoneiro, a Scania oferece como opcional para a nova geração de caminhões interruptor no painel para ajuste elétrico do acessório.