NOTÍCIAS

Confira as últimas notícias Librelato

29.05.2020

UM NOVO MODELO MENTAL DE TRABALHO E OS CONCEITOS DA INDÚSTRIA 4.0

Como sabemos, as grandes invenções e inovações nascem a partir das necessidades. No mercado de implementos rodoviários não é diferente, porém, atualmente com uma velocidade infinitamente maior. Precisamos nos antecipar às necessidades dos nossos clientes, oferecendo soluções que, às vezes, nem eles mesmos sabem que precisam.

Cada dia que passa a evidência é maior que os produtos acabam se tornando comodities. Se não tivermos diferenciais relevantes travaremos muitas batalhas por caminhos que não queremos seguir.

A Librelato nasceu e cresceu trabalhando com viés em personalização e customização de produtos atendendo o cliente onde o concorrente não atendia. A medida que o tempo foi passando e o mercado se movimentando foram surgindo novas necessidades.

Tais necessidades acabaram nos mostrando que produtos e projetos andam lado a lado com processos. De nada adianta oferecermos tecnologia embarcada, menores taras, chapas em aços especiais, entre outros, se a operação não acompanhar a altura.

Diante disso, começamos a intensificar um projeto bastante robusto para buscar equilibrar a empresa como um todo, surgindo assim o SLE – Sistema Librelato de Excelência, um processo vigoroso em que todas as áreas da empresa estão envolvidas com o objetivo de desenvolver processos de forma mais organizada e prática, aumentando a qualidade dos produtos e a satisfação dos clientes. É um novo modelo mental de trabalho.

O SLE é formado por oito pilares que o sustentam e cada um possui padrões a serem seguidos. São eles: 5S, Zero Acidente, Trabalho Padronizado, Zero Defeito, Aderência, Programa de Ideias, Manutenção Autônoma e Agente Lean. Cada pilar terá um selo de certificação, cujo objetivo é o de motivar as células de manufatura e os setores administrativos, para que juntos busquem evoluir e sistematizar o desempenho dos processos certificados.

O pilar 5S é a sustentação do Sistema Librelato de Excelência, e como base, deve estar bem estruturado para suportar todas as demais metodologias. O objetivo é o de obter um ambiente de trabalho estruturado para sermos uma empresa com excelência em organização, limpeza, bem-estar dos profissionais, qualidade e aderência, prezando sempre pela sustentabilidade ambiental e a rentabilidade corporativa.

E onde entra a indústria 4.0 nessa história?  Com o SLE, inserimos um novo conceito de atitude e postura modelando um novo mindset e com o modelo de indústria 4.0, conseguimos trazer toda a tecnologia para automação necessária e a conexão entre pessoas e máquinas.

Todos os investimentos que realizamos nos últimos anos em corte térmico, solda automatizada, pintura a pó e líquida eletrostática, montagem, entre outros, já foram voltados a esse modelo.

Podemos afirmar que a indústria 4.0 está sendo responsável por transformar toda a cadeia produtiva do setor de implementos, desde as áreas de projeto e fabricação dos produtos, até a estrutura interna da empresa e a comunicação com clientes e fornecedores. A aplicação da internet industrial e da robótica está movimentando o mercado e trazendo inovações que são capazes de aumentar a produtividade e estimular os negócios.

Acreditamos que diante desse cenário, se soubermos trabalhar juntos, implementando estratégias e aplicando nossos princípios tecnológicos, econômicos e sociais, conseguiremos, cada vez mais, resultados satisfatórios para empresa e cliente.

Por Rodrigo Corso, Gerente de Excelência Operacional da Librelato.