NOTÍCIAS

Confira as últimas notícias Librelato

28.07.2020

Santa Catarina terá programa para renovação de frota de caminhões com mais de 30 anos

Santa Catarina será o primeiro estado brasileiro a implementar o programa Frota Verde, do Ministério da Economia. “Em 2019, implementamos a Tributação Verde no Estado, que trouxe um novo paradigma econômico. Como temos uma das melhores infraestruturas e logísticas do país, participar do programa Frota Verde irá auxiliar na transformação para um ambiente ainda mais seguro aos catarinenses. A partir de agora, iremos criar grupos de trabalho e desenvolver as dinâmicas necessárias para a implementação”, afirma o secretário da Fazenda de Santa Catarina, Paulo Eli

A primeira fase do programa visa reciclar caminhões, ônibus, micro-ônibus e implementos rodoviários com mais de 30 anos, permitindo aos proprietários desses veículos a troca por veículos mais novos, com até 10 anos de uso.

O programa terá uma revisão de impostos, além de criar melhores condições para que os proprietários consigam realizar a troca dos veículos.

“O programa é uma integração em rede, entre os governos Federal e Estadual e o setor produtivo de bens e serviços, para a reciclagem dos veículos pesados, já que temos uma frota antiga que é muito poluente”, pontua a coordenadora-geral de Ambiente de Negócios do Ministério da Economia, Margarete Gandini.

“Queremos construir benefícios para os catarinenses que fizerem parte do programa de renovação de frota, incentivando os empresários de grandes, médias e pequenas empresas, bem como os autônomos”, ressalta o presidente da Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc), Ari Rabaiolli.

Os caminhões antigos deverão ser sucateados, sendo proibidos de voltarem a rodar. Os primeiros testes vão começar ainda esse ano, e a meta é substituir até 100 mil caminhões velhos, que são mais poluentes e inseguros.

Reuniões serão feitas nos próximos dias, para criação de um modelo de taxas de juros e prazos para pagamentos dos veículos novo.

Para mais informações, acesse: https://bit.ly/2Bktk0Q